5 dicas para planejar a primeira viagem do bebê!

5 dicas para planejar a primeira viagem do bebê!

26 de dezembro de 2018 0 Por ABC Design Brasil

A primeira viagem do bebê é um momento de grandes sensações e descobertas. Por isso, o mais indicado é que somente seja feita após os três primeiros meses de vida.

Nesse período, o seu filho já não é tão frágil quanto após o nascimento e já tem muitas capacidades sendo desenvolvidas. As primeiras férias e passeios do seu pequeno também são repletas de agitações e estímulos a que ele não está acostumado.

Portanto, para que tudo corra bem e se torne uma lembrança gratificante, é imprescindível que cada detalhe da viagem seja muito bem planejado, desde o destino até a alimentação e meio de transporte.

Se você é mamãe de primeira viagem ou ainda tem muitas dúvidas sobre o assunto, confira 5 dicas para deixar tudo organizado e não precisar lidar com riscos ou imprevistos. Acompanhe!

1. Defina o destino

A primeira etapa do planejamento de uma viagem é decidir o destino. Antes da chegada do bebê, o lugar das férias e passeios era definido de acordo com os sonhos, beleza do lugar e, claro, do orçamento. Entretanto, agora, as coisas mudam um pouco, pois é preciso pensar na segurança do seu filho.

Em razão disso, não é indicado que o levem para locais muito distantes, que precisem de longas horas em estrada ruins ou de terra. Deixe um pouco de lado os destinos muito isolados, como vilarejos e ilhas que não têm sinal de celular nem atendimento médico por perto.

Os lugares de sol forte, como praias muito quentes, também devem ser excluídos da lista, já que podem irritar a pele do bebê. Prefira locais mais centralizados e de fácil acesso, como as cidades turísticas, pois elas têm muitos serviços ao dispor dos visitantes.

Destinos mais próximos aliviam o cansaço e o transtorno com o trajeto, afinal, o seu pacotinho ainda não está acostumado com tanta movimentação e estímulos ao mesmo tempo.

2. Escolha o meio de transporte

A primeira viagem do bebê será de carro ou de avião? Se for a primeira opção, é preciso, antes de tudo, fazer uma boa revisão no seu veículo e providenciar o bebê conforto ou cadeirinha, dependendo do peso e da idade.

Prefira sair bem cedinho, de modo que fuja dos congestionamentos e do sol forte. Além disso, programe paradas estratégicas para hidratação, alimentação e troca de fraldas.

E nunca tire o seu filho do dispositivo de segurança com o carro em movimento. Caso ele queira mamar, pare em um local seguro.

Se for de avião, não esqueça de levar a certidão de nascimento e o cartão de vacinação do seu pequeno. Outra dica é sempre ter toalhas umedecidas por perto, para caso o seu filho tenha enjoos. Ah! E não deixe de planejar cada item que deve ser levado na bolsa do bebê.

3. Planeje a alimentação

Na primeira viagem do bebê, certamente ele ainda estará se alimentando somente com o leite materno. Isso diminui um pouco tudo o que você precisa levar. Sendo assim, programe as mamadas ou a mamadeira. Além, é claro, de água e bolsa térmica.

É importante dizer que, se forem viajar de avião, dê a chupeta no momento de decolar e aterrizar, já que o movimento de sucção faz com que as dores de ouvido sejam amenizadas. Entretanto, não é aconselhável alimentá-lo, pois a pressurização pode fazer com que o leite volte.

4. Pense na hospedagem e nas diárias

Assim como o destino e o meio de transporte, a hospedagem também merece atenção. Afinal, já imaginou o seu filho em um hotel que esteja localizado em um local de muito movimento, que tenha festas e barulho que atrapalhem o sono do bebê a noite inteira? Aliás, alguns estabelecimentos nem mesmo aceitam crianças. Portanto, esse fator determinará muitas coisas na primeira viagem do bebê.

Aqui, talvez você leve um pouco mais de tempo no planejamento, pois terá que pesquisar por hotéis, verificar sua localização, se aceitam bebês e se há disponibilidade para o período que desejam se hospedar.

Uma dica bem legal é pesquisar também por apartamentos de temporada e pousadas. Esses locais costumam ser mais tranquilos e proporcionar privacidade para os pais e para o pequeno. E se vocês forem ficar por um tempo maior, é interessante alternar os locais de hospedagem.

5. Prepare a mala do bebê

O planejamento da primeira viagem envolve algumas etapas importantes para que vocês não passem por apertos nem corram algum tipo de risco. Além disso, outro ponto essencial que deve ser planejado para que nada fique para trás é a mala e a bolsa do seu filho.

Para facilitar sua vida, faça uma lista com tudo o que você precisa levar. Veja, a seguir, alguns itens que não podem faltar:

  • fraldas: leve em consideração quantas fraldas o seu bebê usa por dia e calcule com base no tempo que ficarão fora de casa. Lembre-se sempre de levar algumas a mais, caso ocorra algum imprevisto;
  • toalhas umedecidas: são essenciais nas trocas de fralda, pois facilitam a limpeza e hidratam a pele, evitando assaduras;
  • pomadas e cremes antiassadura: leve a que costuma usar ou que foi indicada pelo pediatra;
  • repelente e protetor solar: itens muito importantes, no entanto, somente são indicados para bebês maiores de seis meses;
  • acessórios de proteção: se o seu filho ainda não pode usar produtos, como o protetor solar, não esqueça de levar chapéus, roupas e acessórios que tenham proteção contra os raios do sol;
  • medicamentos: leve todos os medicamentos indicados pelo médico que o seu filho já costuma tomar quando sente dores e febre. Um termômetro também é sempre bem-vindo;
  • paninhos e babadores: leve sempre panos e toalhas secas e limpas para limpar a boca do seu filho após a amamentação ou sempre que necessário.

Esses são itens indispensáveis que devem estar na mala ou na bolsa do seu pequeno. Além deles, não se esqueça do carrinho, seja portátil, seja dobrável, e da banheira dobrável — que é muito útil nas viagens, uma vez que nem sempre os locais de hospedagens estão preparados para os pequenos.

A primeira viagem do bebê deve ser muito bem planejada. Algumas mães têm muito receio de passear com os filhos. No entanto, quando tudo é muito bem preparado e organizado, a experiência de conhecer novos lugares, cheiros e pessoas pode ser um estímulo incrível para os pequenos.

Quer ficar por dentro de mais assuntos do mundo materno? Então siga nossa página no Instagram!