Paternidade ativa na Maternidade

Paternidade ativa na Maternidade

5 de agosto de 2019 0 Por ABC Design Brasil

            A participação dos pais na maternidade tem crescido, desde preocupações no dia a dia aos cuidados com a gestação, favorecendo com isso uma gestação saudável em todas as suas fases. Dessa maneira, a mulher se sente fisicamente e emocionalmente amparada e acolhida.

            Cada dia mais pais ajudam as mães nas tarefas diárias da criança e da casa, com isso contribuem para um ambiente calmo, receptivo e amoroso, que ofereça apoio e segurança para criar filhos mais seguros e confiantes. Compartilhar as responsabilidades faz com que nem a mãe nem o pai sintam-se sobrecarregados e, dessa forma, apresentam maior disponibilidade emocional para cuidar do bebê.

Cuidados com as mamães

            Claro que tem coisas que só uma mãe pode fazer, como gerar a criança, dar a luz, dar de mamar no peito, mas tem muitas outras coisas que podem ser compartilhadas pelos dois. Pensando assim, o pai pode e deve auxiliar diretamente nos cuidados básicos com o recém-nascido, como trocar fraldas, alimentar, dar banho, levar para passear e participar das consultas.

Paternidade ativa em um dia no parque. Carrinho de bebê Condor4

            Além do contato com o bebê, o homem pode ajudar na transmissão de afeto e segurança à esposa, contribuindo para que ela se sinta mais preparada e segura para acolher sua criança.

Cuidado com os papais

            Não interferir muito em como os pais cuidam dos bebês. Ficar fazendo cobranças e dando ordens de como queremos que eles façam só vai criar um distanciamento entre o casal e sofrimento à criança. Dividir as trocas de fraldas, os banhos, fazer dormir… Confortar o bebê quando está com cólicas, o que dá à mãe alguns momentos de descanso.

            Quando surge algum problema, devemos dividir as preocupações, conversar em conjunto. Muitas mulheres preferem não falar e resolver tudo sozinhas, assumindo mais coisas do que podem, sem se darem conta de que estão afastando o pai da participação nos cuidados e na atenção à criança.

Parceria do Casal

            Há algumas mulheres até que não gostam que os homens ajudem em casa, porque dizem que eles demoram muito, fazem muita sujeira e blá blá blá. Só que não se dão conta da importância dessa perceria para a evolução da relação, além do bom exemplo que estarão dando à sua criança de como realmente deve ser a parceria de um casal.

Paternidade ativa em um passeio com o Carrinho de bebê Moving Light

            O que faz a diferença dentre todas as desavenças é que ambos cheguem a um acordo diante das principais questões de criação do filho. Os filhos precisam dos pais como cuidadores e mais participativos!

            Então, gostou do nosso artigo? Tem outras sugestões sobre o assunto? Deixe um comentário. Queremos muito conhecer sua opinião sobre a importância da participação dos pais para com o desenvolvimento do bebê.

                E quando se trata de participação, vocês também são aqueles pais que amam e fazem questão de estar presente na escolha do carrinho do bebê? Conheça toda a linha da ABC Design e adquira já o que combina mais com o seu estilo de vida!