Pais: preparados para seu filho entrar na creche?

Pais: preparados para seu filho entrar na creche?

9 de dezembro de 2019 0 Por ABC Design Brasil

A adaptação na creche pode ser um grande desafio não só para a criança, mas também para os papais. Como resultado, é uma fase que envolve muitas emoções, como a necessidade da mãe retornar ao seu local de trabalho depois de alguns meses vivendo exclusivamente para o bebê, além das possíveis dificuldades que a criança enfrentará nos primeiros dias para se adequar ao novo ambiente.

Nesse contexto, é preciso que os pais estejam seguros e firmes quanto a essa decisão, evitando culpas ou sentimentos ruins com relação a esse momento. Mas como fazer isso? Veja algumas dicas para tornar todo esse processo mais leve e saudável.

Adaptação na creche: Dicas para facilitar esse processo

Não se sintam culpados

Certamente, deixar seu filho em uma creche ou aos cuidados de uma pessoa de confiança não faz de vocês pais ruins. Com certeza, a decisão de retornar ao trabalho foi algo pensado para atender às necessidades da família e manter o bem-estar de todos, o que inclui a criança. Por isso, não se sintam culpados e estejam cientes que essa é a melhor escolha para vocês e para o bebê.

Estabeleçam vínculos

Quando os vínculos entre pais e filhos estão bem estabelecidos, o processo de separação é mais saudável. Certamente esse apego seguro, garante que o afastamento não seja considerado um abandono pela criança, fazendo com que a adaptação na creche seja mais tranquila.

Percebam que os benefícios da creche são muitos para o bebê

As creches proporcionam um ambiente de aprendizado lúdico para a criança, possibilitando o seu desenvolvimento em vários aspectos. Os bebês que, até então, passavam a maior parte do tempo em casa, começam a conhecer um novo local e isso é importante para descobrirem e explorarem outros objetos e pessoas. Enquanto isso, a capacidade intelectual da criança também se desenvolve nesses ambientes através das brincadeiras e atividades específicas para a sua idade.

Outro fator é a socialização, um dos aspectos que é melhor desenvolvido quando a criança vai para a creche. Além disso, a autoestima, a linguagem e o desenvolvimento afetivo são melhor estabelecidos nesses ambientes.

Optem por uma babá ou creche com boas recomendações

Para que os pais fiquem mais tranquilos, é essencial optar por uma creche ou babá que transmitam confiança. Nesses casos é muito importante pesquisar por recomendações de conhecidos ou, até mesmo, na internet. Dessa forma, é possível estar seguro que seu filho estará em boas mãos.

Prossigam com a amamentação, mas não se culpem caso não dê certo

O leite materno é o principal alimento da criança durante o primeiro ano de vida. Nesse contexto, o retorno profissional da mãe não precisa ser sinônimo de desmame, já que é possível amamentar a criança antes de sair de casa ou quando retornar do trabalho. Algumas mães têm a facilidade de sair de seus trabalhos e amamentar seus filhos durante o horário de almoço. Contudo, caso isso não seja possível, a fórmula infantil é a melhor maneira de substituir o leite materno na ausência da mãe.

E o mais importante, se todo esse esforço ainda resultar em um desmame, fique tranquila! Certamente, tenha em mente que você fez o melhor e que seu bebê vai continuar sendo uma criança muito saudável e feliz.

Transmitam segurança para a criança

Os pequenos podem sentir quando seus pais estão inseguros quanto a algo. Por isso mantenham a confiança na sua escolha. Optem pelo local mais adequado e transmitam tranquilidade para o seu filho nesse momento tão importante.

Estejam presentes nos primeiros dias

Para que não haja traumas, o afastamento deve ser feito de forma gradual. Por isso, durante os primeiros dias na creche vá se afastando aos poucos, até que a criança consiga ficar bastante tempo sozinha. Mais importante, não apresse essa etapa, pois cada criança tem o seu tempo de adequação ao novo ambiente.

Certamente, o processo de adaptação na creche não precisa ser um período conturbado na vida da família. Obviamente, mudanças na rotina podem causar determinados desconfortos, mas tenha em mente que tudo isso é para um bem maior e que seu filho estará em boas mãos. Caso queira saber um pouco mais sobre esses e outros assuntos, acesse o nosso blog.