Como escolher um carrinho para passeio com o bebê?

Como escolher um carrinho para passeio com o bebê?

8 de Maio de 2019 0 Por ABC Design Brasil

Toda escolha dos pais para o seu bebê deve ser feita com bastante cautela. Não seria diferente na hora de optar por um carrinho para passeio: a empreitada exige cuidado e atenção.

É preciso fazer uma compra consciente, de acordo com as necessidades da família e que também atenda aos requisitos básicos de segurança. Questões como idade e peso da criança e o tamanho do porta-malas do carro são alguns dos elementos a serem considerados.

Continue a leitura e conheça os pontos que devem ser avaliados para escolher a opção mais adequada!

O que um carrinho completo deve ter?

As famílias não são iguais e cada uma tem as suas necessidades, que devem ser respeitadas. No entanto, todas têm uma preocupação em comum na hora de escolher um carrinho para passeio: a segurança e o conforto oferecido para as crianças.

Nenhum pai e nenhuma mãe quer deixar o seu filho suscetível a acidentes, principalmente quando bebês. A fragilidade e ingenuidade dos pequenos exige que um acessório completo seja altamente seguro e confortável, independentemente do modelo.

A partir daí, a escolha do objeto ideal deve ser orientada pela forma com a qual será usado no dia a dia. Por exemplo, as mamães fitness, que levam os filhos para as corridas, precisam de estabilidade. As urbanas, que passeiam entre calçadas, de rodinhas resistentes. O carrinho ideal e completo é aquele que melhor se encaixa ao estilo de vida de cada um.

Como escolher o carrinho para passeio ideal?

Com a ideia nítida sobre as necessidades da família, segurança e conforto, está na hora de saber quais os principais elementos que devem ser observados. Conheça agora mesmo o que deve ser considerado para fazer uma boa compra!

Fechamento

Muitos pais creem ter encontrado o carrinho perfeito, até a hora de sair com ele e travar uma verdadeira odisseia simplesmente para fechar o acessório, guardar no porta-malas do carro e, até mesmo, dentro de casa.

São dois tipos de fechamento:

  • guarda-chuva, em que ele pode ser guardado na vertical;
  • envelope, onde o carrinho é dobrado ao meio.

O fechamento guarda-chuva é mais indicado para as famílias que têm carros menores e pouco espaço dentro de casa, pois, torna o objeto compacto ao fechar. Já o envelope é mais adequado para quem tem bastante espaço.

Os carrinhos com fechamento envelope são maiores, com mais acessórios e, possivelmente, oferecem mais conforto para a criança. Portanto, é necessário ponderar essas questões na hora de escolher.

Reclinagem

A reclinagem diz respeito ao conforto proporcionado à criança durante o passeio. É preciso verificar até que ponto é possível — e necessário — modificar a posição do assento.

Você encontra modelos com até quatro posições e outros sistemas que permitem múltiplas posições. Isso significa que alguns fabricantes não produzem esses objetos com uma quantidade pré-definida. Isso é ótimo para papais e mamães que costumam passear bastante com os pequenos, já que ele pode se assemelhar a um berço, que possibilita à criança descansar como se estivesse em sua própria cama.

Porém, também é preciso considerar que os recém-nascidos precisam ficar levemente inclinados para evitar engasgos. Para isso, os pais podem investir em um travesseiro antirrefluxo.

Peso

Os passeios, em sua maioria, serão em família ou um momento apenas do papai, mamãe, vovô ou vovó com o bebê? Essa é uma importante questão a ser considerada: o peso do carrinho. Um acessório muito pesado fica difícil para empurrar, carregar, abrir, fechar e guardar. Nesse caso, é melhor optar por um modelo mais leve.

O peso da criança também conta bastante para questões de conforto e segurança. Os carrinhos informam quantos quilos suporta. Sendo assim, é inevitável a troca do acessório conforme a criança for crescendo.

Segurança

Além das questões que oferecem segurança e bem-estar aqui apontadas, existem outros itens que devem ser verificados para tornar o passeio mais seguro:

  • certificação do Inmetro;
  • cinto de segurança, de três ou cinco pontos — deve firmar ombros e quadris, evitando que a criança escorregue;
  • sistema de freios;
  • travas de segurança, que evitam que o carrinho se feche sozinho.

Proteção

É possível proteger o bebê do frio, do sol e da chuva. Alguns modelos oferecem capotas, guarda-sol ou, até mesmo, capa de chuva. Quando não estão incluídos, é bom verificar se permitem que esses acessórios sejam acoplados. Inclusive, há a possibilidade de utilizar um mosquiteiro e manter a criança longe de pernilongos e outros insetos.

Medidas

A medida ideal aqui vai depender do tamanho do porta-malas do carro, do local de armazenamento e da sua própria casa. Mesmo que seja utilizado para passeios, eventualmente o carrinho acompanha os pais pela casa. Se for preciso, meça as portas de casa. O carrinho deve passar tranquilamente pelas portas e circular por todos os cômodos sem maiores dificuldades.

Quais os modelos disponíveis no mercado?

Basicamente, são 2 modelos de carrinhos de passeio disponíveis no mercado:

  • Envelope: carrinho leve e fácil de fechar, sempre mais prático nos passeios curtos na cidade, fechamento dobrável;
  • Guarda-chuva: modelo simples e sem muitos acessórios, porém, bastante prático, devido ao fechamento rápido e fácil.

Agora que você já sabe os principais elementos para escolher um carrinho para passeio ideal para a sua rotina, que tal dar uma olhadinha nos produtos oferecidos pela Bebaby, distribuidora oficial da ABC Design no Brasil?

A ABC é especialista em carrinhos, produzindo acessórios de alta qualidade. Confira os modelos Diamond, Condor, 3-Tec, Salsa, Zoom, Moving Light e diversas outras opções e tenha passeios agradáveis, confortáveis e seguros com seus filhos!